021 – São Francisco

Um fim de tarde de um domingo de verão qualquer…

Tempo bom para um bate papo e para recarregar as baterias para mais uma semana de batalha…

020 – 8 de janeiro, dia da fotografia, dia do fotógrafo.

Fotografias

Uma das maiores invenções do homem foi a fotografia. É impressionante a quantidade de emoções e de sentimentos que uma imagem impressa carrega.

As fotografias são registros históricos que nos fazem viajar no tempo. Nelas vemos o quanto as pessoas envelheceram, outras o quanto cresceram, recordamos momentos felizes, sentimos saudades de quem não está mais entre nós, sentimos raiva de alguma situação, e assim por diante.

O valor sentimental contida em certas fotografias é incomensurável. É inevitável chorar quando vemos algumas imagens que marcaram a nossa vida. Tudo fica registrado e guardado para a história.

É muito comum encontrarmos em jornais e revistas fotos de épocas que marcaram nossas vidas de alguma forma, e acabamos voltando no tempo. Na televisão, quando acontecem retrospectivas, homenagens, recordações, as fotos estão lá, para lembrarmos momentos bons de outrora.

Os relacionamentos, mesmo que fracassados, acabam imortalizados por fotografias. Os momentos bons de uma parte de nossa vida ficam marcados para sempre em uma folha de papel.

Com o passar do tempo e com a evolução da tecnologia, perdeu-se o costume de imprimir fotografias. Tudo acaba ficando guardado no disco rígido do computador, ou em cartões de memória. O risco é de acontecer algum problema e tudo acabar indo embora. Por isso, é sempre bom e mais aprazível imprimir as fotografias que mais lhe marcaram e guardar em um pequeno álbum, ou espalhar em painéis e porta-retratos, pois assim não só nós lembramos desses bons momentos, mas mostramos a quem gostamos o quanto fomos felizes em determinado momento.

Não apaguem ou rasguem fotografias de nenhum momento. Tudo vai fazer sentido em algum momento de sua vida. Hoje você pode estar com raiva dos personagens que povoam as fotografias que vê, mas no futuro a saudade vai fazer todo o sentido.

A fotografia não é nada mais que uma linha do tempo da nossa própria vida.

019 – Encontre o gato

Andando pela cidade, nos deparamos com vários cenários que nos proporcionariam belas fotos, porém poucos observam tais cenários.

Marcelo Malaquias - Grupo Para todoS

 

E aproveitando esses cenários, deixo uma brincadeira:

Encontre o gato

017 – Rumo ao paraíso verde. Direto à Ilha Grande

Costa Verde. Litoral Sul do Rio de Janeiro. Angra dos Reis. Belos lugares, e em um desses belos lugares, temos Ilha Grande. Para chegar à Ilha Grande, precisa-se usar os serviços da Barcas/SA.

Eis a barca que liga Angra à Ilha Grande. Há ainda uma outra linha, que liga Mangaratiba à Ilha Grande.

 

016 – Sunset no Leme

Nada como um bom passeio pela zona sul da Cidade Maravilhosa. E nada melhor para lembrar de um passeio como esse, do que algumas fotos.

 

015 – Bel-Tour Transportes e Turismo

Muitos me perguntam porque fotografo ônibus, e eu respondo que é um hobby, e que o gosto por transportes, fez nascer a paixão pela fotografia.

Ao fotografar ônibus, podemos registrar belezas artificiais.

014 – Sunset na Linha Vermelha

Certo dia, esperando o ônibus após um longo dia de trabalho, um amigo passa de carro e me oferece  uma carona, que aceitei sem a menor dúvida. Eis que durante a viagem, fomos presenteados com um belíssimo pôr-do-sol.

Partilharei alguns registros desse belo pôr-do-sol.

013 – Minha primeira reflex

Trago a fotografia como hobby, como paixão há não mais que 3 anos. E posso confessar que minha paixão aumentou após eu adquirir uma câmera reflex, conhecida também como DSLR. É um tipo de câmera com lentes intercambiáveis, que dispõe de um prisma de espelhos que exibe em um visor a imagem que passa entra pela lente, sem ser processada pelo sensor da câmera.

Entre as brincadeiras que passei a fazer com minha reflex, está a troca de foco, e esse é o tema dessa postagem.

012 – Bem-te-vi

Na maior parte de nossa vida, não nos damos conta das belezas ao nosso redor, porém hoje um belíssimo pássaro se fez notar ao meu olhar.

Esse belíssimo bem-te-vi passava entre nós no ponto de ônibus, buscando folhas para um ninho, e pequenos animais. Fiz alguns registros dele, porém resolvi partilhar com vocês esse.

Marcelo Malaquias - Grupo Para todoS